Sri Dhameswara deidade de Visnu Priya

Escrito por Chandan Yatra Das

Templo de Mahaprabhu Bari na Ilha de Sri Koladvipa em Sri Mayapur Dham (Cidade de Navadvipa)
Sri Dhameswar Mahaprabhu
Esta bela deidade de neem de Gouranga Mahaprabhu é a deidade que Srimati Visnupriya, esposa do Senhor Gouranga, adorou por 80 anos depois que o Senhor Caitanya tomou sannyasa. Srimati Visnupriya tinha 16 anos quando Gouranga Mahaprabhu a deixou e Ela adorou a deidade como seu marido até abandonar o corpo na idade de 96 anos. As mãos da deidade são para frente com as palmas pra cima, uma postura indicando: “Eu sou seu”. Também estão lá sapatos de madeira, os quais foram usados por Sri Caitanya Mahaprabhu. Ele os deu a Srimati Visnupriya, os quais ela adorou até deixar esse mundo.

Depois da aceitação de sannyasa do Senhor, Srimati Visnupriya sempre manteve-se dentro de casa, com exceção de seu banho diário junto a Mãe Saci Devi. Quando devotos iam pra lá compartilhar prasadam, eles viam somente os pés de Visnupriya, nunca viam seu rosto, nem ouviam sua voz. Ela cantou constantemente os Santos Nomes.

Ela colocava um pote de barro em cada lado deles, um pote vazio e o outro continha arroz. Depois de cantar uma ronda de japa (108 contas) ela colocava um grão de arroz no pote vazio. Assim, ela continuava sua japa até o terceiro quarto do dia (fim de tarde). Esses grãos, os quais ela colocava no pote vazio eram cozinhados e oferecidos com lágrimas. Dia e noite ela cantou os Santos Nomes.

Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare |

Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare ||
Depois da partida de Mahaprabhu, seu servente Isana Thakura, cuidava de Mãe Saci e Visnupriya. Vamsivadana Thakur e Mãe Saci ficaram com Visnupriya em todos os momentos. Uma vez em um sonho o Senhor Caitanya lhe ordenou que derramasse misericórdia a Srinavasa Acarya. Assim, com profunda afeição ela colocou seus pés na cabeça de Srinivasa. Sri Vansivadana Thakura; dedicado servente de Visnupriya e encarnação da flauta do Senhor Krishna, trouxe a deidade aqui depois da partida de Visnupriya desse mundo. Ele estabeleceu a adoração de Sri Dhamesvar Mahaprabhu como Pranavallabha: O amante de Visnupriya.

A reação de Srimati Visnupriya após ouvir a decisão do Senhor Gouranga de tomar Sannyasa e as palavras de conforto oferecidas a ela por seu esposo são lembradas no Sri Caitanya Mangala Madhya Lila 12.1-40 por Srila Locana Das Thakura.

No Navadvipa-dhama Mahatmya o Senhor Nityananda disse: “Ó Jiva, ouça um tópicoconfidencial; existe uma belíssima deidade de Gouranga que pertence a Visnupriya e no futuroserá trazida à Sattika por brahmanas que descendem da família de Jagganath Misra. Quatrocentos anos depois do aparecimento do Senhor Gouranga nesse mundo a adoração da deidade será restaurada ao máximo padrão.

Entrada do Templo de Sri Dhameswar Mahaprabhu Bari
Sri Dhameswar Mahaprabhu
Essa bela deidade de neem de Sri Gouranga Mahaprabhu é a deidade que Srimati Visnupriya, esposa do Senhor Gouranga adorou por 80 anos depois do Senhor Caitanya tomar sannyasa.
Sandálias de Mahaprabhu
Pés de Lótus de Sri Dhameswar Mahaprabhu
Kirtan estático no templo de Dhameswar Mahaprabhu durante o Navadvipa Mandala Parikrama anual
Altar de Sri Dhameswar Mahaprabhu
Antiga figueira de bengala na estrada Porama Tala Market no caminho do templo de Sri Dhameswar Mahaprabhu
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s